Plano de aula de inglês 7ºano - EF07LI01, EF07LI09, EF07LI12, EF07LI13, EF07LI15

Nesta sequência didática serão abordados o uso, a análise e a produção de mapas, buscando apresentar esse gênero textual ao aluno como ferramenta útil para o reconhecimento e a representação do espaço onde ele vive e se locomove. Como produto final, os alunos vão manipular mapas de sua região e apresentar os locais existentes em sua vizinhança.

Objetos de conhecimento

  • Funções e usos da língua inglesa: convivência e colaboração em sala de aula
  • Objetivos de leitura
  • Pré-escrita: planejamento de produção escrita, com mediação do professor
  • Escrita: organização em parágrafos ou tópicos, com mediação do professor

Habilidades
(EF07LI01)
Interagir em situações de intercâmbio oral para realizar as atividades em sala de aula, de forma respeitosa e colaborativa, trocando ideias e engajando-se em brincadeiras e jogos.

(EF07LI09) Selecionar, em um texto, a informação desejada como objetivo de leitura. 

(EF07LI12) Planejar a escrita de textos em função do contexto (público, finalidade, layout e suporte).

(EF07LI13) Organizar texto em unidades de sentido, dividindo-o em parágrafos ou tópicos e subtópicos, explorando as possibilidades de organização gráfica, de suporte e de formato do texto.

(EF07LI15) Construir repertório lexical relativo a [...] preposições de tempo lugar.

Objetivos de aprendizagem

  • Reconhecer as principais características dos mapas e suas finalidades.
  • Correlacionar as representações estabelecidas nos mapas com os locais neles representados.
  • Mobilizar o conhecimento prévio da própria realidade a fim de identificar as informações constantes dos mapas.

Conteúdos

  • Análise dos mapas indicando suas representações e informações em língua estrangeira
  • Exame de mapas específicos da região à qual pertencem os alunos, com indicação de elementos familiares
  • Observação e análise das características de cada local que contribuem positivamente ou negativamente para o bem-estar de seus moradores.
  • Produção de mapas contendo indicações dos recursos desejáveis a partir das perspectivas dos estudantes

Desenvolvimento
Tempo estimado:
3 aulas de 50 minutos cada uma.

Aula 1
Materiais e recursos

Mapas que abranjam a região específica onde se encontram os alunos e de outros locais (projetados ou impressos para distribuir entre os grupos). Essas são algumas sugestões para acessar mapas a serem apresentados para os alunos em inglês (basta configurar os sites para obter os mapas nesse idioma):
Google Maps. <https://www.google.com.br/maps>;
OpenStreetMap. <https://www.openstreetmap.org/#map=4/-15.13/-53.19>.
Folhas A4.

Procedimentos

Atividade 1
Alunos:
grupos de 4 a 5 alunos
Tempo estimado: 20 min

Iniciar a aula perguntando aos alunos se já utilizaram ou utilizam mapas (impressos ou de aplicativos), com que frequência e com que finalidade procuraram esse recurso.

Apresentar a eles um ou mais mapas de localidades situadas em países de língua inglesa, como o do exemplo a seguir, relativo a uma região da Cidade do Cabo. 

Convidar os alunos a analisarem as informações contidas no mapa apresentado. Em seguida, indagar sobre os elementos que observaram no mapa, ou que observaram em uma região específica dele, solicitando que os identifiquem e nomeiem. As perguntas seguintes podem ajudar a nortear a análise dos alunos: 

What does the map show us?

1. Are there streets (or roads, squares, parks, etc.) on the map?

2. Is there any bridge (or river, beach, lake, etc.) on the map?

3. What kind of business or public spaces (school, theatre, museum, etc.) can you see?

4. What are the possible means of transportation at this area?


Atividade 2
Alunos: grupos de 2 a 4 alunos
Tempo estimado: 20 min

Pedir aos alunos que explicitem o que o(s) mapa(s) mostra(m), discutir de que forma eles percebem essas informações, analisando os elementos do mapa utilizado e promovendo reflexões sobre as características desse tipo de texto. Fazer os seguintes questionamentos:

1. Além dos elementos textuais, também há elementos visuais no(s) mapa(s) utilizado(s)?
Explicar aos alunos que um mapa é uma representação simbólica de características selecionadas de um lugar, geralmente desenhado em uma superfície plana. Nesse sentido, um mapa é uma ferramenta eminentemente visual complementada pelas indicações em texto que nele constam. Ressaltar para os alunos a importância dos elementos visuais para facilitar ou aumentar a compreensão de um texto, especialmente quando ele está em língua estrangeira.

2. Quais são a proporção e abrangência observadas no mapa utilizado?
A perspectiva de um mapa dependerá da posição adotada pelo seu autor ao elaborá-lo. Em geral, os mapas da atualidade são construídos a partir de fotos tiradas de cima para baixo, constituindo-se assim em representações bidimensionais para espaços tridimensionais. Quanto à proporção, é muito comum que os mapas sejam acessados pelo meio digital, o que permite ao usuário visualizar o mapa em maior ou menor escala facilmente. Uma pessoa pode começar observando o mapa de uma cidade inteira, que só mostrará as principais estradas, para depois ampliar para que todas as ruas de um bairro ou locais específicos sejam visíveis.

3. Quais marcos e referências contribuíram para melhor compreensão do mapa e para a identificação de seus elementos?
Os referenciais adotados para orientação, elementos integrantes comuns aos mapas, são itens essenciais para nossa localização, uma vez que estabelem parâmetros para nos guiarmos. Ao explorar um novo território, percebemos marcos ao longo de uma rota e, a partir das relações espaciais que reconhecemos entre esses marcos, somos capazes de estabelecer direções e encontrar atalhos ou desvios nesse contexto. Ao representarem essas relações espaciais em escalas reduzidas, por meio de diferentes convenções, os mapas oferecem referências úteis para localização e navegação, quando somos capazes de compreendê-los. 

Atividade 3
Alunos: mesmos grupos da Atividade 2
Tempo estimado: 10 min

Solicitar aos alunos que, em uma folha avulsa, façam uma lista com os elementos visuais presentes nos mapas analisados, pois eles poderão utilizar esses recursos na elaboração do próprio mapa. Recolher essas folhas para devolver aos grupos no momento oportuno.
Para trabalhar dúvidas
Se for possível, solicitar a colaboração do professor de Geografia para obter mais informações sobre as características dos mapas em geral e dos locais analisados em particular. O professor dessa disciplina poderá apresentar detalhadamente elementos para a compreensão de mapas, como legenda, escala, orientação, coordenadas geográficas e projeções cartográficas. O site Cartografia Escolar da UFSC também pode ser utilizado para complementar as informações sobre as características gerais dos mapas, disponível em: <https://www.cartografiaescolar.ufsc.br/index.htm

Avaliação
Ao longo desta aula, observar os alunos de forma a avaliar seu engajamento e participação. Caso perceba que alguns não estão engajados na atividade, investigar um pouco mais para identificar as causas. As perguntas a seguir podem auxiliar nesta primeira avaliação.

1. Os alunos participaram da conversa introdutória sobre os mapas?
2. Eles analisaram o mapa indicado e conseguiram encontrar os elementos indicados por você?
3. Participaram da reflexão sobre a função de cada elemento em um mapa?
4. Trabalharam em conjunto para elencar os elementos constitutivos do mapa apresentado?

Aula 2
Materiais e recursos
Folhas A4.
Mapas de regiões da cidade onde a escola está localizada, com todas as indicações em inglês (impressos ou para projetar).

Procedimentos

Atividade 1
Alunos: grupos de 4 a 5 alunos
Tempo estimado: 10 min

Nesta etapa, retomar a discussão sobre os mapas, convidando os alunos a pensar nos lugares aos quais costumam ir: escola, casa de um amigo, cinema, parque, clube etc. Eles provavelmente não necessitam de um mapa para encontrar o caminho para esses lugares, porém, quando desejam ir a algum lugar novo ou quando não sabem com certeza onde estão, os mapas podem ser muito úteis para sua localização. Quando se deseja informações adicionais sobre determinado local, os mapas também são ferramentas proveitosas. 

A partir dessas referências, distribuir para cada grupo de alunos mapas impressos de sua região/cidade, com informações em inglês, desafiando-os a analisarem os elementos presentes e a reconhecerem a área. Sugerimos utilizar mapas de abrangências diferentes para os grupos, mas todos das proximidades da escola, como forma de explorarem áreas diferentes da mesma região.

Atividade 2
Alunos: mesmos grupos da Atividade 1
Tempo estimado: 20 min

A seguir, propor aos alunos que, em grupos, respondam a perguntas específicas sobre as regiões enfocadas nos mapas, registrando neles as marcações relativas a essas respostas, que podem ser feitas com a aposição de traçados e de símbolos convencionados previamente para o mapa utilizado. As perguntas a seguir servem apenas como exemplo, pois podem ser adequadas de acordo com a região. Incentivar os alunos a trocarem essas ideias em grupos e a utilizarem o inglês o tanto quanto possível em suas interações em sala de aula.

• Which streets do you recognize?
• Which places are there in your map? Name them.
• Do you live near this area? If so, where exactly?
• And your friends? Do they live near this area? Where?
• How far is your neighborhood from school?
• Which means of transportation do you commonly use?
• How do you get to... from...?

Atividade 3
Alunos: turma como um todo
Tempo estimado: 20 min

Por fim, os alunos devem compartilhar seus registros nos mapas utilizados, refletindo sobre as informações partilhadas. Solicitar a eles que proponham hipóteses para explicar características mais ou menos positivas observadas em relação aos locais representados, discutindo criticamente suas impressões. Para guiar essas reflexões, podem ser propostas algumas perguntas como:

• Quais são os pontos positivos e negativos dessa região analisada? E da área em que você mora? Resposta pessoal.
• Como funciona o sistema de transporte público para você e sua família? Resposta pessoal.
• O que você acha que poderia ser feito para melhorar a área ao redor da escola? E em sua vizinhança? Resposta pessoal.
• A quem cabe desenvolver essas ações para melhorar o nosso bairro? Comentar que o poder público (vereadores e prefeitos principalmente) têm um papel importante em desenvolver e aplicar propostas para a melhoria dos bairros. No entanto, a sociedade também pode auxiliar a tornar o bairro melhor, por exemplo, preservando os locais, mas deve ainda cobrar o poder público para obter as melhorias no que se refere, por exemplo, a infraestrutura, transportes etc.

Pedir aos alunos que registrem suas ideias em uma folha avulsa ou no caderno. Dessa forma, organizar resumos das respostas apresentadas de todos em um painel coletivo da turma que pode servir de base para discussão dos temas abordados. Esses registros também embasarão as atividades desenvolvidas na etapa seguinte.

Avaliação
Além da observação para verificar a participação da turma, fazer algumas perguntas mais diretas aos grupos, como forma de verificar a compreensão, por exemplo:

1. Give an example of a place you find in this map.
2. Where is it?
3. Which means of transportation can you identify?

Aula 3
Materiais e recursos:
Lápis e canetas hidrográficas.
Cartolinas.
Mapas de regiões da cidade onde a escola está localizada, com todas as indicações em inglês (os mesmos da Aula 2).
Opcional: computadores para elaborem os mapas com auxílio de recurso digital.

Procedimentos

Atividade 1
Alunos: sala como um todo
Tempo estimado: 10 min

Retomar o assunto com os alunos, discutindo o mapa da Cidade do Cabo (ou outro que foi trabalhado com eles), mencionando os recursos utilizados para mostrar os diversos estabelecimentos da localidade. Lembrar a turma de que o mapa é um texto instrucional, pois informa sobre determinado local e, para isso, utiliza de vários recursos além do texto escrito. Dessa forma, ele se constitui em um texto multimodal, por utilizar, inclusive, elementos visuais para representar o espaço.

Atividade 2
Alunos: grupos de 4 a 5 alunos
Tempo estimado: 25 min

Entregar aos alunos as listas com os elementos visuais, caso eles as tenham formulado no final da Aula 1, e explicar que poderão utilizá-los (ou mesmo criar outros que julgarem úteis) na elaboração do próprio mapa.

Nesse momento, tendo como inspiração inicial os mapas reais analisados na Aula 2, em grupos, os alunos devem produzir mapas que representem suas visões de uma cidade ou de um bairro ideal. Esses mapas poderão representar suas próprias comunidades ou bairros hipotéticos.

Se julgar relevante, apresentar a eles algumas questões para que reflitam sobre o que haverá em seus bairros ideias. Antes de produzir o mapa em si, eles podem listar os elementos que acharem essenciais.

• What’s the name of your ideal neighborhood?
• Which places are there in your ideal neighborhood?
• Which means of transportation?
• How many schools, parks, movie theaters, etc.?

Antes de produzir o mapa em tamanho grande, eles devem fazer um rascunho em uma folha A4. É importante que, no mapa final, os elementos como nomes de ruas, estabelecimentos e bairros sejam indicados em inglês. Além disso, é fundamental utilizar os elementos visuais.

Esses mapas poderão ser elaborados com lápis e canetas e outros materiais artísticos na cartolina ou preparados digitalmente com uso de editor de imagem – ou ainda com algumas ferramentas para criação de mapas, em que é possível utilizar os mapas digitais reais e incluir elementos. Alguns desses lugares podem exigir cadastro, dessa forma, antes de utilizar com a turma, é necessário explorá-los e verificar a opção mais adequada ao seu contexto. 

No caso de prepararem o mapa em formato impresso, podem ser afixadas caixinhas ou outros elementos tridimensionais para indicação dos elementos propostos pelos alunos.

Atividade 3
Alunos: turma como um todo
Tempo estimado: 15 min

Explicar que na Aula 4 vão apresentar os mapas à turma, explicando os elementos que fazem parte de seu bairro ideal. Para tanto, podem planejar brevemente como pretendem realizar essa apresentação.

Se julgar pertinente, fazer rapidamente uma revisão de que estruturas e vocabulários serão utilizados. Por exemplo, “There are / aren’t...”, “There is / isn’t...”, “There isn’t...”, assim como o uso das preposições de lugar e os meios de transporte.

Dizer a eles que a apresentação será breve, portanto, não haverá necessidade de explicarem os mapas com detalhes. Se desejarem, poderão treinar em casa, por cerca de 2 minutos.

Avaliação
As seguintes perguntas podem auxiliar na análise e observação desta aula.

1. Os alunos conseguiram planejar a elaboração dos mapas em grupos?
2. Durante a produção dos mapas, todos utilizaram os elementos textuais e visuais conforme viram nos mapas indicados nas aulas anteriores?

Aula 4
Materiais e recursos:
Mapas produzidos pelos alunos.
Projetor e computador com acesso à internet (caso os mapas estejam em formato digital e precisem ser projetados).

Procedimentos

Atividade 1
Alunos: mesmos grupos da Atividade 3 da Aula 3
Tempo estimado: 30 min

Organizar com a turma a ordem em que os grupos apresentarão os mapas. Caso julgar necessário, elaborar algumas perguntas a serem respondidas pelos alunos a respeito de seu bairro ideal, como forma de organizar a apresentação, limitando o tempo. Por exemplo:

• What’s the name of your ideal neighborhood?
• What places are there?
• What means of transportation?
• How many schools? And green areas?

Atividade 2 + Avaliação Final
Alunos: turma como um todo
Tempo estimado: 20 min

Ao final, propor à turma uma conversa para análise dos mapas apresentados. Perguntar a eles, por exemplo, qual bairro acharam mais completo, mais interessante e por quê. Questioná-los ainda sobre o que acham que precisaria ser feito no próprio bairro para que ele se tornasse o bairro dos sonhos para eles. Se julgar relevante, anotar algumas ideias no quadro.

Eles podem ainda refletir sobre o que acham que poderiam melhorar em uma próxima apresentação.

Avaliação
Durante a apresentação dos alunos, analisar o texto oral produzido por eles e a participação de cada um. Caso perceba que muitos alunos são mais tímidos, as apresentações podem ser feitas para outros grupos. As seguintes perguntas podem ajudar nessa etapa de avaliação:

1. Todos foram capazes de apresentar, em inglês, as ruas e as edificações indicadas nos mapas produzidos?
2. As apresentações continham uma linguagem clara e inteligível?
3. Todos os membros do grupo participaram da apresentação?

Ampliação
Se for viável, propor à turma que escrevam em português uma carta aberta às autoridades sobre como acreditam que seria o bairro ideal e com algumas ideias de melhorias. Essa carta pode ser elaborada em conjunto com o professor de Língua Portuguesa para que os alunos possam explorar os elementos que a compõe e sua estrutura.

Na aula de Língua Inglesa, propor a escrita de uma carta aberta mais curta, também indicando os elementos que deveriam constar no bairro ideal, para chamar a atenção da comunidade internacional. 

Para trabalhar o gênero com a turma, iniciar lendo a eles a definição de open letter e algumas cartas abertas modelo.

open letter: a letter that is addressed to a particular person or organization but is published in a newspaper so that everyone can read it.
OPEN Letter. Macmillan Dictionary.
Disponível em: <https://www.macmillandictionary.com/dictionary/american/open-letter>. 

Este link apresenta as características de uma carta aberta e dicas de como redigi-la:  <https://brasilescola.uol.com.br/redacao/carta-aberta.htm> (acessos em: 6 out. 2018).

Avaliação Final
Os alunos farão uma autoavaliação para analisar as competências desenvolvidas nas etapas da sequência didática, de modo que seja possível identificar aspectos mais ou menos favorecidos. Os resultados dessa etapa da avaliação possibilitarão alterar as propostas que não ocorreram como esperado e aprimorar as que foram vistas como positivas. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário